TEMA 2022: MINHA GEOGRAFIA É TERRITÓRIO DA PROMESSA
image

UM CHAMADO À MATURIDADE

O princípio da maturidade é uma chamada divina para o desenvolvimento pessoal e espiritual, que estão interligados.

Paulo diz assim em I Co 13:11.

11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.

Apesar do texto citar cinco vezes a palavra menino, não quer dizer que o problema são as crianças, mas sim o excesso de meninice no comportamento dos adultos.

A maturidade não se adquire apenas com tempo e sim com experiências vividas e guerras vencidas.

O imaturo é aquele que não mudou de época, as circunstâncias de quando era menino e suas atitudes continuam, ou seja, coerente para quem é menino.

Aí vem as outras circunstâncias, que são da vida do adulto, ou seja, um homem precisa deixar as coisas de menino, precisa deixar a dependência. Deixar a falta de responsabilidade, de foco, de objetivos. Enfim, os jovens precisam ser preparados para viver essa nova fase. Porque logo vem a fase do casamento, e os problemas mudam também, como morar juntos, responsabilidades financeiras, conviver com parentes briguentos e muitas outras coisas que uma mente de menino não consegue lidar.

Infelizmente, estamos vivendo em uma geração com muito acesso à informação e pouco aprendizado, por que apenas ser informado não significa que de fato se aprende.

As informações dão entendimento, mas é a pratica que produz o verdadeiro aprendizado.

O processo do aprendizado vai além das informações que eu tenho e preciso desenvolver, é a experiência através da pratica.

A prática produz aprendizado, o aprendizado produz experiência, e a experiência produz maturidade que é o êxito da sabedoria. Por isso, é preciso saber viver debaixo da Palavra de Deus. E isso só é possível, quando reconhecemos que precisamos dessa mudança. Porque, para saber viver é preciso aprender, não tem como aprender sem conhecer o manual prático de vida tranquila que é a Palavra de Deus, a Biblia, João 8:32.

32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.


A Palavra nos ensina os princípios. E são esses princípios que geram maturidade e nos preparam para viver uma vida com propósito em quaisquer circunstâncias.

Os maduros são protagonistas da sua história, já os imaturos são guiados pela circunstâncias ou seja não tem o controle de suas decisões.

Temos tudo para viver uma vida extraordinária e não vivemos! Nós temos tudo para sermod as pessoas mais felizes da terra e não somos. Por que? Porque estamos sempre com pendênciaa em alguma área de nossas vidas, seja espiritual, sentimental, familiar e financeira, enfim, sempre alimentamos dentro de nós algo que nos tira do propósito, do foco de Deus para nossas vidas.

O mundo sempre criará um padrão em que você não se encaixe nele, e nós estamos vivendo isso como nunca houve em outra geração. Mas, pessoas maduras não seguem padrões ou tendências naturais.

Os líderes maduros constroem seus destinos porque seguem uma visão divina. Por isso, em Rm 12:2, diz.

2 E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Nós precisamos romper com a imaturidade através do desenvolvimento espiritual e pessoal. E um desenvolvimento espiritual é gerado através de decisões que nos levam para perto de Deus, células, cultos, estudar a Palavra, envolver-se com a obra de Deus, criar o hábito de estar sempre ligado com os céus em oração, jejum, comunhão e muitas outras coisas que ocupem seu tempo aprendendo com o Senhor. Por isso, a imaturidade fragiliza nossas emoções e nos causam insegurança.

Temos o que precissamos, Deus nos deixou o caminho, mas, muitas vezes prefereimos seguir por outros caminhos.

O imaturo não compreende o processo, ou seja, a trajetória para chegar ao destino final. Porque ele vê provações como abandono ou injustiça e não como parte do processo. Mas, o apóstolo Tiago diz assim em Tg 1:2-5.

2 Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, 3 sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. 4 Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. 5 Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.

Uma pessoa com a mente madura compreende o propósito das provações como processo de aprendizado e preparação para viver com êxito seu destino. O imaturo despreza o que tem e perde aquilo que poderia garantir o seu futuro.

Lembre-se de Esaú, que desprezou sua primogenitura e negociou-a por um prato de lentilhas.

Os imaturos focam nas necessidades do presente e acabam comprometendo seu futuro, compram o que não podem pagar, vendem o que não deveriam vender, enfim, são ansiosos e não tem sabedoria para priorizar necessidades.

Nós precisamos entender que maturidade é um processo divino em nossas vidas. Por isso, veja que cada culto, cada célula, cada mover espiritual, Deus fala conoso, nas imaturidades que estamos vivendo.

Todos os dias nós temos a oportunidade de desenvolver a maturidade ou continuar da mesma forma. No dia a dia, nos relacionamos com todas as áreas de nossa vida. A área conjugal por exemplo, onde precisamos aprender a lidar com a forma de falar e de agir, porque são as causas das discussões e brigas, e às vezes tratamos todos de fora bem, suportamos até algumas afrontas, mas em casa o pavio é curto e logo acaba. E assim tem sido a vida de muitos, um não quer seder ao caminho de vida, a nova vida etc.

A nossa maneira de tratar os outros faz muita diferença, se aprendemos com Jesus a tratar as pessoas valorizando e amando cada uma, colocando-nos no lugar do próximo, fortaleceremos laços de amizades e daremos testemunho da vida de Deus em nós.

O problema é que pela imaturidade, queremos só receber e não dar, não queremos plantar antes, passamos a só querer sermos amados, honrados etc, e por essa imaturidade passamos a sermos um julgador na vida.

Precismoa tomar cuidado com esses atos e atitudes!

Não é porque às vezes não concordamos com alguém que precisamos tratar de forma ofensiva, o maduro não provoca a ira no outro.

Hoje nessa celula, Jesus está gerando uma oportunidade para que você cresça em todas as áreas de sua vida. Ele está aqui!

Baseado em Mt 13:54-58 podemos entender que a presença de Jesus em um lugar, é apenas a oportunidade e não solução ainda. Por que? Porque o texto diz que Jesus esteve em Nazaré a maior parte da sua vida e mesmo assim não foi solução, não porque Ele não tivesse poder para mudar aquela cidade, mas porque o que tira o poder que está dentro de Jesus para fora é a fé que está na pessoa e não apenas as necessidades delas.

54 E, chegando à sua terra, ensinava-os na sinagoga, de tal sorte que se maravilhavam e diziam: Donde lhe vêm esta sabedoria e estes poderes miraculosos? 55 Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas? 56 Não vivem entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe vem, pois, tudo isto? 57 E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, senão na sua terra e na sua casa. 58 E não fez ali muitos milagres, por causa da incredulidade deles.

Veja que o versículo 58 diz que Jesus não realizou muitos milagres ali por causa da incredulidade deles, eles não acreditaram que aquele menino que eles viram crescer com seu pai poderia ter desenvolvido tanto a ponto de instrui-los.

Os imaturos não reconhecem o crescimento daqueles que vivem no mesmo ambiente que eles, isso acontece até entre parentes, às vezes um se converte, começa a crescer em Deus, ser usado na Palavra em cura, mas os próprios irmãos desprezam, não compreendem que Deus ao entrar na vida de alguém muda tudo e desenvolve.

Lembre-se da mulher do fluxo de sangue, ao passar pela cidade onde ela morava Jesus gerou uma oportunidade para ela, e a oportunidade da presença de Jesus naquele lugar unida à fé daquela mulher gerou seu milagre, e o poder que estava dentro de Jesus saiu direto para vida dela.

Jesus não pode forçar você a desenvolver sua maturidade.

Jesus não pode forçar seu casamento ser restaurado.

Jesus não pode forçar você a sair da mesmice e se tornar uma pessoa bem sucedida.

Jesus não vai fazer você abrir sua célula e ensinar a Sua mensagem.

Ele apenas dá a oportunidade de estar no mesmo ambiente que você, se você souber usar sua fé e tirar o que está dentro dEle, nunca mais você será o mesmo. Mt 18:20

20 Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.

Isso foi dito por Jesus.

O problema é que muitas vezes por sermos imaturos, nos reunimos em nosso nome. Não!!! Devemos reunir em nome de Jesus!

Às vezes as coisas não acontecem em nossa vida, por não procurarmos conhece-lO melhor.

Jesus te ama! Ele quer o melhor para você, sua casa, sua familia e negócios! Creia!!!

É tempo de vivermos a maturidade espiritual.

Nossa nação está no caminho de uma mudança, e nós temos que fazer a nossa parte, sermos maduros.

Quais os valores que pretendemos deixar em nossa história? A legalização do aborto? A legalização das drogas?Não!!! Não podemos ir contra a Palavra de Deus!!!

Precismos ser maduros e colocar Jo 8:32 em prática.

32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Defenda os valores da família! Defenda os princípios da Palavra de Deus! Para isso, devemos nos mover pelo que temos recebido de Jesus. O que eu tenho feito com que eu recebo? Não posso mais ser um imaturo!

Jesus disse que faria tudo novo, então creia!

Que Deus nos dê maturidade espiritual em nosso chamado, que foi feito por Ele!!! Ganhe vidas. Consolide vidas.
Discipule vidas. E envie vidas com maturidade a fazer a vontade do Pai.
 

Alameda Contorno, Nº 1842, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia-GO CEP: 74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Segunda a sexta - 8 hs às 12 hs e 14 hs às 17 hs
Net Suprema