TEMA 2021: DIAS DE ELIAS - VIVENDO UMA ATMOSFERA PROFÉTICA.
image

A NATUREZA DIVINA EM DAVI

Graça e Paz!!!                                                         

Creio que Deus alcançará o seu coração, com o entendimento de sua natureza espiritual.                        

Nós sabemos que nós, servos de Deus, muitas vezes nos encontramos em constantes lutas e provações, e que muitas vezes, não temos para onde correr, a não ser lutar em nome de Jesus. E nesse texto veremos que nós podemos encontrar as respostas a respeito de como vencermos essas lutas, e recursos que podemos utilizar nessas batalhas.
 
Portanto, o primeiro aspecto a ser abordado, para nosso entendimento é que Davi foi ungido rei, depois do Senhor haver recusado todos os seus irmãos. E o texto bíblico nos diz que o Espírito Santo se apossou de Davi. I Sm 16:13.

13 Tomou Samuel o chifre do azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do Senhor se apossou de Davi. Então, Samuel se levantou e foi para Ramá.
 
Portanto, a partir desse momento, eu quero que você entenda, Davi já estava preparado para vencer, porque lhe fora outorgado o Espírito Santo, ou seja, uma natureza divina lhe foi confiada. E por aí, fica mais fácil para nós entendermos o porquê da confiança e fé de Davi para vencer o Gigante Golias.                                                                                      
Afinal de contas, Deus havia dito a Samuel que ele encontraria o homem segundo o seu coração. Mas, uma coisa interessante que devemos notar, é que Davi, mesmo sendo ungido por Deus, não foi chamado para a batalha, mas sim os seus três irmãos mais velhos, que antes, já haviam sido rejeitados por Deus. E se eles foram rejeitados, como venceriam Golias?
                                  
Portanto, é facil entender que nem seus irmãos e nem ninguém do exército, estavam aptos a lutar.

Tanto é que todos eles tiveram medo, e receberam afrontas durante os 40 dias em que Golias descia ao vale Eláh, para afrontá-los, veja em I Sm 17:16.

16 Durante quarenta dias Golias desafiou os israelitas todas as manhãs e todas as tardes.

E no versículo 24, diz que eles fugiram. 

24 Quando os israelitas viram Golias, fugiram apavorados.

No versículo 26, a natureza divina em Davi, começa a se sobrepor a sua natureza humana, e logo Davi diz assim:

26 Então Davi perguntou aos soldados que estavam perto dele; O que ganhará o homem que matar esse filisteu e livrar Israel desta vergonha? Afinal de contas, quem é esse filisteu pagão para desafiar o exército do Deus vivo?
 
Ou seja, por esse versículo, nós já podemos tirar uma lição: para vencermos uma batalha, não podemos de forma alguma, retroceder.

Quando Deus nos chamou, Ele esperava ver em nós os resultados da sua graça, e em II Pe 1:4, diz.
                                               
4 Desse modo ele nos tem dado os maravilhosos e preciosos dons que prometeu. Ele fez isso para que, por meio desses dons, nós escapássemos da imoralidade que os maus desejos trouxeram a este mundo e pudéssemos tomar parte na sua natureza divina.
 
Portanto, Davi era um homem diferenciado como vocês.
                          
Davi não se intimidou com a situação! Davi não ficou com medo frente à luta, e nem se assustou, em se deparar com um homem de aproximadamente três metros de altura! E o mesmo tem que se dar com a sua vida, você precisa tomar posse da sua natureza divina.
                             
Por mais que você pense que está em desvantagem, você vencerá, se colocar o Senhor em primeiro lugar.
 
Portanto, veja que não era só o Gigante Golias que Davi teria que enfrentar, mas sim até a inveja de seus irmãos, que já tinham sido rejeitados por Deus.                                 

Infelizmente, podemos aprender aqui, que os que são rejeitados por Deus, sempre tentarão contra o propósito de Deus em nossas vidas, e nunca entenderão a força de um chamado, veja em I Sm 17:28.    

28 Ouvindo-o Eliabe, seu irmão mais velho, falar àqueles homens, acendeu-se-lhe a ira contra Davi, e disse: Por que desceste aqui? E a quem deixaste aquelas poucas ovelhas no deserto? Bem conheço a tua presunção e a tua maldade; desceste apenas para ver a peleja.
 
Portanto, a partir daí, nós podemos ver e dimensionar o comportamento de Davi, da sua natureza.                     

Agora pense um pouco:

• Quantas vezes sua família já disse que você é louco?
• Que o seu problema só se resolve com um psiquiatra?
• Que você é um frustrado?
• Que eles têm a religião deles e pronto? E tem conseguido te calar!!!!                           
 
Nós acabamos de ver no versículo 28, que a oposição dos irmãos, o desprezo que tinham contra Davi, mostrava que eles estavam subestimando a Davi. 
       
Portanto, se nós analisarmos com a natureza humana, e com mais cautela, nós veremos claramente, que se não fosse projeto de Deus na vida de Davi, ele não lutaria com ninguém. Porque o texto diz que Davi foi ali a pedido de Jessé, seu pai, para levar pães para os irmãos e queijo ao comandante de mil, além de procurar saber, se todos estavam bem.

E, Davi vendo todo aquele cenário, não se escondeu, mesmo ante a contrariedade dos seu irmãos. 
        
Veja que Davi mesmo tendo ouvido a oposição de seus irmãos e do próprio povo, Davi voltou-se para o rei Saul e disse que venceria.                                       
                                                                          
Assim, Davi manteve-se firme na sua postura divina, de chamado, de ungido, uma vez que sabia e tinha convicção de sua vitória.                     

Por que ele tinha essa convicção? Porque a sua esperança não estava firmada no homem, ou nos recursos próprios, mas em Deus. E mesmo assim, aconteceu mais um levante, quando ele ouviu do rei Saul, mais uma palavra negativa. Versículos 32-33.
     
32 Davi disse a Saul: Não desfaleça o coração de ninguém por causa dele; teu servo irá e pelejará contra o filisteu. 33 Porém Saul disse a Davi: Contra o filisteu não poderás ir para pelejar com ele; pois tu és ainda moço, e ele, guerreiro desde a sua mocidade.
 
Entenda que a nossa guerra não é facil, porque aquele que possui a natureza divina, sempre encontrará na natureza humana, pessoas que foram rejeitadas por Deus, para tentar pará-las.
             
Ao analisarmos a resposta do rei Saul, não era totalmente desprovida daquele contexto de uma visão humana. 
Porque, humanamente falando, como um moço, um pastor de ovelhas, venceria um gigante de três metros de altura?                                                                   
 
Se nós olharmos com os olhos da razão, tambem diríamos que nunca Davi teria uma chance. Mas ocorre que como homens de Deus, as mulheres aqui, como mulheres de Deus, nós precisamos sempre olhar com os olhos da fé, e saber que o Deus a quem servimos, é quem luta e peleja por cada um de nós, e disso Davi tinha conhecimento.         
 
Portanto, nós sempre venceremos as batalhas em nome de Jesus! Não importa as suas condições. I Co 1:27-28.
                                        
27 pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; 28 e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são;

Somente através da nossa intimidade com o Senhor, a nossa natureza divina florescerá, e fará termos a certeza de que derrotaremos os Golias da vida.                  

Se você tem experiências com o Senhor, como Davi teve com o urso e o leão, creia que as suas provas e as suas tentações, não te derrubarão. Por que? Porque você já sabe que o nosso Deus, é quem nos dá a vitória e que nos livra de todos os nossos inimigos.

Guarde isso! Você nunca vencerá pelo esforço próprio, pelo bem material que você tem, como ao Saul querer que Davi usasse o seu capacete de bronze, uma couraça e a sua espada. Ou seja, jamais Deus nos dará a vitória, pelos recursos que achamos serem os melhores para guerrearmos em nossas vidas.

Davi se despojou das coisas terrenas, que Saul na sua natureza humana julgava serem melhores.
                                                 
Note que Davi ao reconhecer os recursos de Deus, em usar o que já possuía, sentiu-se seguro. Porque nós só estamos aptos a derrotar qualquer inimigo que vier contra nós, com o que já possuímos.

O cajado fala da direção do Espírito Santo, que é quem nos conduz, quem nos ensina a nos portarmos diante das dificuldades.

As cinco pedras que Davi juntou no ribeiro dão a exata dimensão, do que o Senhor coloca a nossa disposição. São os recursos de Deus dados a todos nós: a ida aos cultos. A leitura constante da palavra. A oração.  O jejum. E o levar as boas novas, ganhando vidas, discipulando vidas, consolidando vidas e encinando vidas.
                                              
I Sm 17:40.                                 

40 Pegou o seu bastão, escolheu cinco pedras lisas no ribeirão e pôs na sua sacola. Pegou também a sua funda e saiu para enfrentar Golias.

Que o Espírito Santo o conduza e ensine, a portar-se diante das suas dificuldades.
 
Veja que no versículo 42, o inimigo disse assim:

42 Golias olhou bem para ele e começou a caçoar porque Davi não passava de um rapaz bonito e de boa aparência.

Pense um pouco agora: Quantas palavras ruins, Golias deve ter dito quando foi ao encontro de Davi para lutar?
                                                            
Agora pense também, quantas vezes o nosso adversário vem e tenta incutir em nossa mente:

• Que somos derrotados.
• Que nunca seremos capazes de vencê-lo.
• Que não pregamos nada.
• Que você só cobra.
 
Se nós olharmos para isso, se nós dermos atenção ao que o inimigo fala a nosso respeito, nós não lutaremos. Porque se você observer o texto, para Davi derrotar o Gigante, ele enfrentou outras batalhas espirituais, como por exemplo: Ser subestimado por seus irmaos, pelo povo e pelo rei.
 
Em contrapartida, Davi reconhecendo o seu chamado, como quem entende o seu propósito, como quem sabe qual é a sua natureza divina, era maior. Davi tinha o olhar somente para o Senhor, e ouvia somente a voz do Espírito Santo. Por isso, Jesus nos diz hoje: “esforça-te, tem bom ânimo”.

Qual é o desfecho dessa história, o que podemos aprender e ensinar em nossa célula? Versículos 49-51.

49 Enfiou a mão na sua sacola, pegou uma pedra e com a funda a atirou em Golias. A pedra entrou na testa de Golias, e ele caiu de cara no chão. 50-51 Então Davi correu, ficou de pé sobre Golias, tirou a espada dele da bainha e o matou, cortando com ela a cabeça dele. E assim Davi venceu Golias e o matou apenas com uma pedra. Quando os filisteus viram que o seu herói estava morto, fugiram.
 
Davi nos ensina hoje, e pelo texto está bem claro, que não devemos confiar em nossos recursos humanos, mas sim, usar o que temos, e em nome do Senhor dos Exércitos guerrear as nossas guerras. Porque do Senhor é a guerra como ele bem afirmou.
                                  
Portanto, é preciso entender que não vamos vencer guerras espirituais com as nossas forças, mas sim com nossas atitudes, porque do Senhor é a Guerra.
 
Veja que Ana desejava o seu milagre, um filho, em sua guerra espiritual, ela entendeu isso e disse assim em I Sm 2:9.

9 Ele protege a vida dos que são fiéis a ele, mas deixa que os maus desapareçam na escuridão, pois ninguém vence pela sua própria força.

Por isso, saiba que o que você tem colocado diante do Senhor, Ele está ouvindo!
                                                    
Às vezes, a batalha demora, como vimos no texto, 40 dias, ou pode demorar um ano, dez anos, mas em Cristo a vitória é certa. 
                         
Pode ser que uma enfermidade esteja durando anos, pode ser também que a porta de emprego que o Senhor te prometeu, ainda não tenha se aberto, pode ser ainda que um familiar seu, ainda não tenha conhecido ao Senhor.
 
Davi mesmo disse assim no Sl 27:13-14.

13 Estou certo de que verei, ainda nesta vida, o Senhor Deus mostrar a sua bondade. 14 Confie no Senhor. Tenha fé e coragem. Confie em Deus, o Senhor.
 
Portanto, a prova, a dor, a angústia, os confrontos, os momentos adversos em nossas vidas, geram gratidão, oração, milagres e êxito.
  
Que você aprenda com esse texto, que precisamos passar a ter convicções de sua natureza divina.

Entenda que Davi ao ser ungido rei, o Espírito do Senhor se apoderou dele, para treiná-lo para a sua grande tarefa.
                                                                    
A sua funda, com a unção e bênçãos de Deus, eram muito mais poderosas que o orgulho de Golias com sua espada, lança e escudo.
     
Quando confiamos em Deus, por maiores que sejam os problemas, eles tornar-se-ão pequenos.
                                           
Davi sabia como conquistar a graça e a misericórdia de Deus.
                      
Precisamos aprender com Davi, a conquistar não só as pessoas ao nosso redor, mas agradar ao próprio Deus.                  
Amem!!!

Deus os abençoe! Amo vocês! Beijo a todos de sua célula!
 

CURTA NOSSO FACEBOOK

Alameda Contorno, Nº 1842, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia-GO CEP: 74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Segunda a sexta - 8 hs às 12 hs e 14 hs às 17 hs
Net Suprema