TEMA 2021: DIAS DE ELIAS - VIVENDO UMA ATMOSFERA PROFÉTICA.
image

O LÍDER MOISÉS

Falamos no culto de domingo sobre Joquebede, mãe de Moisés.

Portanto, você identificará nessa palavra, que todos nós temos momentos diferentes em nossa vida. Momentos bons e momentos ruins. Ou seja, nós temos momentos em nossas vidas, que se definem no antes e no depois. E é sobre esses momentos que nós veremos hoje.                        

E nós vamos começar vendo o que está em Ex 3:1-6.                                                                           

1 Apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã; e, levando o rebanho para o lado ocidental do deserto, chegou ao monte de Deus, a Horebe. 2 Apareceu-lhe o Anjo do Senhor numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia. 3 Então, disse consigo mesmo: Irei para lá e verei essa grande maravilha; por que a sarça não se queima? 4 Vendo o Senhor que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui! 5 Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa. 6 Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.

Todos nós temos esses momentos em nossas vidas, em que ela se define, no antes e no depois. E está na Bíblia, que esse momento na vida Moisés, foi tremendo, quando ele teve uma experiência na “sarça ardente” em Horebe, no monte de Deus.

Nós sabemos pela história, que até aquele dia, Moisés tinha uma vida comum, como todos os demais pastores de ovelhas da região. Mas a partir daquele dia, a “sarça ardente” definiu um momento especial na vida de Moisés, que foi a comunhão com o próprio Deus.

Portanto, Deus, através dessa experiência, resolveu dividir a história de Moisés em duas partes; No antes. E no depois.

Todos nós, homens e mulheres, como sacerdotes ou sacerdotisas, que conhecem a Deus, precisam de uma experiência, como a da “sarça ardente”. Porque é impossível ter uma vida de qualidade, abundante, uma vida modelo, sem uma experiência que marque as nossas vidas, no antes e no depois.

A Bíblia diz que a sarça queimava mas não se consumia. Ou seja, Deus tem os seus meios para nos chamar ao Seu projeto.

Qual foi a sua experiência? Pense um pouco!

Veja que Deus chamou Moisés para livrar um povo, para livrar muitas famílias que estavam presas, escravizadas por Faraó, para possuírem uma terra que mana leite e mel, em Ex 3:7-10.

7 Disse ainda o Senhor: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento; 8 por isso, desci a fim de livrá-lo da mão dos egípcios e para fazê-lo subir daquela terra a uma terra boa e ampla, terra que mana leite e mel; o lugar do cananeu, do heteu, do amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu. 9 Pois o clamor dos filhos de Israel chegou até mim, e também vejo a opressão com que os egípcios os estão oprimindo.10 Vem, agora, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo, os filhos de Israel, do Egito.

Deus estava convocando Moisés: - Moisés, eu tenho um povo meu que está passando por grande tribulação, que está preso, e eu ouvi o clamor deles, e como eu ouço os que me buscam, eu quero te usar para você resgatar esse povo para mim. Portanto, Moisés, o teu projeto nessa terra, nessa vida que eu te dei, a semente que você carrega, e que voêc vai ter que plantar, vai ser a de tirar esse povo do cativeiro, essas famílias do cativeiro.
                                                                 
E o que Moisés disse? Versículo 11.

11 Então, disse Moisés a Deus: Quem sou eu para ir a Faraó e tirar do Egito os filhos de Israel?
                                           
Amados, aqui está um exemplo de que nós nunca queremos fazer a obra que é de Deus. E quando nós queremos fazer a obra, quando fazemos, queremos fazer da nossa maneira, e não da maneira que Deus tem para nós.

Veja o que Moisés disse: - Não, eu não vou conseguir, e se me perguntarem quem é o Senhor, o que eu falarei, versículo 14.

14 Disse Deus a Moisés: Eu Sou o Que Sou. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: Eu Sou me enviou a vós outros.                                                                                                       

– Ou seja, oh.. Moisés, eu quero que você entenda uma coisa: Eu sou o que Sou, e por acaso, é difícil entender isso?

Muitos de nós temos as mesmas atitudes de Moisés, e começamos a arrumar desculpas para que o projeto de Deus não se cumpra, e por isso, logo começamos a deixar a nossa mente fazer questionamentos assim: Como será isso?
Eu não dou conta dessa obra. A minha vida está muito bem assim. E eu não vou mexer com gente, que eu sei que é muito difícil. (Ou seja, é o mesmo que dizer, eu não quero mexer com a Imagem de Deus)

E questionamentos como esses é dizer: Como vai ser isso, se eu não estou preparado. Eu não sou essa pessoa certa, e eu quero é ficar na minha. Eu.... e eu. Ou seja, argumentos em cima de argumentos, para que o projeto de DEUS, a obra de DEUS, não se cumpra.  Por isso, precisamos pensar muito bem, antes de negligenciar a obra de Deus.
                
Veja que nos versículos 15 a 19, Deus desvenda o projeto que tinha com Moisés, e já avisa-o que ele terá que conquistar, para que o projeto que é de Deus se cumpra.

15 Disse Deus ainda mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vós outros; este é o meu nome eternamente, e assim serei lembrado de geração em geração. 16 Vai, ajunta os anciãos de Israel e dize-lhes: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me apareceu, dizendo: Em verdade vos tenho visitado e visto o que vos tem sido feito no Egito. 17 Portanto, disse eu: Far-vos-ei subir da aflição do Egito para a terra do cananeu, do heteu, do amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu, para uma terra que mana leite e mel. 18 E ouvirão a tua voz; e irás, com os anciãos de Israel, ao rei do Egito e lhe dirás: O Senhor, o Deus dos hebreus, nos encontrou. Agora, pois, deixa-nos ir caminho de três dias para o deserto, a fim de que sacrifiquemos ao Senhor, nosso Deus. 19 Eu sei, porém, que o rei do Egito não vos deixará ir se não for obrigado por mão forte.

Observe que no versículo 19, Deus falou assim a Moisés: eu sei que eles não vão deixar o povo ir, se não forem obrigados por mão forte. Agora pense um pouco; Moisés poderia dizer assim: - Ah! Isso é coisa da minha cabeça mesmo! Ele poderia pensar assim: - Mas que Deus é esse? Se ele sabe todas as coisas, porque eu terei que tentar isso? Porque Ele não faz o sobrenatural acontecer de uma só vez, e tira o teu povo de lá. Porém, Moisés também não disse que não acreditava que isso poderia acontecer. Ele também não disse: - Por que precisa de mim, se o Senhor é Deus?
                                                                                             
A Palavra diz que Moisés creu, e em Hb 11:24-29, a Bíblia diz assim:

24 Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, 25 preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado; 26 porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porque contemplava o galardão. 27 Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível. 28 Pela fé, celebrou a Páscoa e o derramamento do sangue, para que o exterminador não tocasse nos primogênitos dos israelitas. 29 Pela fé, atravessaram o mar Vermelho como por terra seca; tentando-o os egípcios, foram tragados de todo.

Portanto, Moisés creu, Moisés teve fé, e Deus disse assim em Ex 3:18:

18 E ouvirão a tua voz; e irás, com os anciãos de Israel, ao rei do Egito e lhe dirás: O Senhor, o Deus dos hebreus, nos encontrou. Agora, pois, deixa-nos ir caminho de três dias para o deserto, a fim de que sacrifiquemos ao Senhor, nosso Deus.                                                   

Ou seja, Deus estava dizendo; Moisés, eles ouvirão a tua voz, ou seja, Deus estava forjando em Moisés a fé.

Eu quero dizer que se você crer em Deus e obedecer o seu chamado, Deus dará a você uma unção, onde outras pessoas o ouvirão.

A sua voz não será confundida, e eles ouvirão a sua voz, e você os resgatará para uma terra que mana leite mel!

Veja que Deus disse a Moisés, eu farei milagres e prodígios através da tua vida, aí sim, eles deixarão vocês irem, e também ao saírem de lá, vocês sairão ricos. Nos versículos 20 a 22, a Palavra diz assim.

20 Portanto, estenderei a mão e ferirei o Egito com todos os meus prodígios que farei no meio dele; depois, vos deixará ir. 21 Eu darei mercê a este povo aos olhos dos egípcios; e, quando sairdes, não será de mãos vazias. 22 Cada mulher pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda jóias de prata, e jóias de ouro, e vestimentas; as quais poreis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas; e despojareis os egípcios.                                                           

Eu quero lhe dizer uma coisa: Quando temos fé, quando cremos e obedecemos ao Deus Pai criador, de cada guerra que enfrentarmos teremos o direito aos despojos de guerra.

Já em Ex 4:1-8 em diante, Deus dá poderes a Moisés.

1 Respondeu Moisés: Mas eis que não crerão, nem acudirão à minha voz, pois dirão: O Senhor não te apareceu. 2 Perguntou-lhe o Senhor: Que é isso que tens na mão? Respondeu-lhe: Um bordão. 3 Então, lhe disse: Lança-o na terra. Ele o lançou na terra, e o bordão virou uma serpente. E Moisés fugia dela. 4 Disse o Senhor a Moisés: Estende a mão e pega-lhe pela cauda (estendeu ele a mão, pegou-lhe pela cauda, e ela se tornou em bordão); 5 para que creiam que te apareceu o Senhor, Deus de seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. 6 Disse-lhe mais o Senhor: Mete, agora, a mão no peito. Ele o fez; e, tirando-a, eis que a mão estava leprosa, branca como a neve. 7 Disse ainda o Senhor: Torna a meter a mão no peito. Ele a meteu no peito, novamente; e, quando a tirou, eis que se havia tornado como o restante de sua carne. 8 Se eles te não crerem, nem atenderem à evidência do primeiro sinal, talvez crerão na evidência do segundo.
                                                                                          
Mas o que eu quero que você observe, a partir daqui, é que Deus dá uma advertência, porque se Deus nos chamou, é porque a obra é DEle para conosco. Ou seja, a obra que Ele tem com você, é com você e Ele, não é com outro, mas sim com você. Porém, veja que Moisés tentou não fazer a obra de Deus e em Ex 4: 10-17.

10 Então, disse Moisés ao Senhor: Ah! Senhor! Eu nunca fui eloqüente, nem outrora, nem depois que falaste a teu servo; pois sou pesado de boca e pesado de língua. 11 Respondeu-lhe o Senhor: Quem fez a boca do homem? Ou quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego? Não sou eu, o Senhor? 12 Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar. 13 Ele, porém, respondeu: Ah! Senhor! Envia aquele que hás de enviar, menos a mim. 14 Então, se acendeu a ira do Senhor contra Moisés, e disse: Não é Arão, o levita, teu irmão? Eu sei que ele fala fluentemente; e eis que ele sai ao teu encontro e, vendo-te, se alegrará em seu coração. 15 Tu, pois, lhe falarás e lhe porás na boca as palavras; eu serei com a tua boca e com a dele e vos ensinarei o que deveis fazer. 16 Ele falará por ti ao povo; ele te será por boca, e tu lhe serás por Deus. 17 Toma, pois, este bordão na mão, com o qual hás de fazer os sinais.

Depois disso, Moisés passou por várias provações, lutas, angústias, tudo para que o projeto de Deus se cumprisse. Ele fez tudo que Deus mandou, e Deus colocou em Moisés, um amor pelo povo, pelas famílias, fazendo que ele mesmo acabosse enfrentando Deus, clamando pelo perdão do povo, ao ponto de dizer a Deus, que se não os perdoassem, que riscasse o nome dele do livro que tinha escrito. Veja que em Ex 32:1-9, o povo ao fazer o bezerro de ouro e adorar, fizeram isso com o ouro e a prata dos despojos de guerra, ou seja foi tudo embora, através da idolatria. (Cuidado a idolatria te leva ao empobrecimento).

1 Respondeu Moisés: Mas eis que não crerão, nem acudirão à minha voz, pois dirão: O Senhor não te apareceu. 2 Perguntou-lhe o Senhor: Que é isso que tens na mão? Respondeu-lhe: Um bordão. 3 Então, lhe disse: Lança-o na terra. Ele o lançou na terra, e o bordão virou uma serpente. E Moisés fugia dela. 4 Disse o Senhor a Moisés: Estende a mão e pega-lhe pela cauda (estendeu ele a mão, pegou-lhe pela cauda, e ela se tornou em bordão); 5 para que creiam que te apareceu o Senhor, Deus de seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. 6 Disse-lhe mais o Senhor: Mete, agora, a mão no peito. Ele o fez; e, tirando-a, eis que a mão estava leprosa, branca como a neve. 7 Disse ainda o Senhor: Torna a meter a mão no peito. Ele a meteu no peito, novamente; e, quando a tirou, eis que se havia tornado como o restante de sua carne. 8 Se eles te não crerem, nem atenderem à evidência do primeiro sinal, talvez crerão na evidência do segundo.

E nos versículos 10 a 24, podemos ver que Moisés já tem um grande amor pela obra de Deus, e o mais interessante, é que ele intercede, e argumenta com Deus para perdoar o povo.

Lembrando que Moisés não queria fazer a vontade de Deus, a obra de Deus, e agora luta por ela. Nos versículos 30 a 34, veja que começamos a entender a vida de um Apóstolo, de um pastor ou de um líder, ao colocar a própria vida em jogo pelas ovelhas, e foi quando Deus fez uma proposta a Moisés, de matar todo aquele povo e começar tudo de novo. Mas, veja que a reação de Moisés, já cheio do amor do Deus, diz:

30 No dia seguinte, disse Moisés ao povo: Vós cometestes grande pecado; agora, porém, subirei ao Senhor e, porventura, farei propiciação pelo vosso pecado. 31 Tornou Moisés ao Senhor e disse: Ora, o povo cometeu grande pecado, fazendo para si deuses de ouro. 32 Agora, pois, perdoa-lhe o pecado; ou, se não, risca-me, peço-te, do livro que escreveste. (Deus deve ter dito assim; Puxa esse aprendeu o meu amor.) 33 Então, disse o Senhor a Moisés: Riscarei do meu livro todo aquele que pecar contra mim. 34 Vai, pois, agora, e conduze o povo para onde te disse; eis que o meu Anjo irá adiante de ti; porém, no dia da minha visitação, vingarei, neles, o seu pecado.

Nós podemos dizer até que somos cristãos, mas se o nosso comportamento, se as nossas atitudes, não forem regidos por princípios Bíblicos, seremos identificados como pessoas que não conhecem a Deus.                                                           
A Bíblia nos diz que demorou apenas um dia, para Moisés sair do Egito. Mas, aproximadamente quarenta anos, para arrancar os conceitos do Egito, ministrados na vida de Moisés.

Portanto, nós precisamos estar sempre na presença de Deus, para fazer a Sua vontade, cumprindo assim, o nosso chamado de libertadores do povo, de libertadores das famílias, somente assim, seremos instrumentos de Deus nessa terra.

O Projeto que Deus tem com você, é com você e sua família. O Projeto que Deus tinha com Moisés, envolveu a sua família, Joquebede, Moisés, Miriã, Arão, Zípora, e Jetro seu sogro.

Portanto, entenda que Deus tem um chamado para você, mas também para sua família. Por isso, busque um caráter divino, para que o projeto de Deus se cumpra, e o princípio dEle também. E um deles é: “será salvo tu e tua casa”.

Aí sim, passaremos a ser homens e mulheres segundo a Sua vontade.

Nós nos tornaremos segundo a palavra de Deus: o libertador da nossa casa, o libertador da nossa família, o libertador da família dos nossos discípulos, e passaremos a cumprir realmente o chamado de Deus. Mas precisamos estar alertas, precisamos estar atentos sobre os perigos que enfrentamos, quando recebemos da parte de Deus, o seu chamado.

Satanás sempre tentará minar o chamado: colocando o medo. Colocando a dúvida em nossos corações. Tudo para que não consigamos vencer e realizar a obra do nosso chamado aqui na terra. Por isso, nesse discipulado, eu profetizo que toda a semente da mentira plantada na sua mente será arrancada. E que todas as sementes da parte do Eterno, que estão plantadas em você se cumpram. 

Que a Palavra de Ex 32:34, se cumpra em sua vida:

34 Vai, pois, agora, e conduze o povo para onde te disse; eis que o meu Anjo irá adiante de ti;
                                                                                    
AMEM.
 

CURTA NOSSO FACEBOOK

Alameda Contorno, Nº 1842, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia-GO CEP: 74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Segunda a sexta - 8 hs às 12 hs e 14 hs às 17 hs
Net Suprema