TEMA 2020: PREPARE O CAMINHO PARA O SENHOR.
image

A POLÍTICA À LUZ DA PALAVRA

A Bíblia diz em (versão utilizada NLTH) Pv 29:2.

2 Quando os honestos (justo) governam, o povo se alegra; mas, quando os maus dominam, o povo reclama.
 
Entretanto, muitos cristãos ainda dizem: quando o justo ou um honesto governa ou quando um crente vai governar, ele se corrompe. Quem diz isso está anulando a palavra de Deus então? Porque a palavra é clara: Quando os honestos (ou justo) governam, o povo se alegra.

Eu e você, somos responsáveis por levar o nome de Jesus e o Seu Reino a todos com a sabedoria do Alto.

Portanto, eu sei que este é um assunto polêmico, mas eu gostaria de analisar alguns dos principais argumentos que são contrários ao envolvimento do cristão na política, à luz da Palavra de Deus.

Alguns podem até dizer assim: “Ah, Apóstolo, a política é muito suja e o cristão não deve se envolver”. Veremos ver à luz da Bíblia, da Palavra, o que ela diz a respeito. Mt 5:14-16.

14 Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto. 15 Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa. 16 Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu.

Os cristãos devem ser a luz do mundo e o sal da terra, nós devemos sim nos envolver na política, aliás, o fato de haver tantos escândalos no meio político é justamente devido à ausência de mais pessoas honestas e íntegras. Se nós aplicássemos os princípios cristãos na política, com certeza ela não teria chegado ao nível em que se encontra hoje.

Muitos dizem que a política é um meio muito corrupto, sujo, e que é impossível não se corromper. Será que o ambiente político da babilônia ou no reino medo-persa, onde Daniel estava, não era corrupto? Com certeza era um ambiente que não era diferente do que vemos hoje, talvez até pior.
  
A sujeira lá, chegou ao ponto dos príncipes armarem uma cilada para Daniel, fazendo com que o rei Dario assinasse um decreto dizendo que ninguém poderia adorar outro deus a não ser o imperador, intencionando matar Daniel.

Vejamos a história em Dn 6:6-9.

6 Então foram todos juntos falar com o rei e disseram: Que o rei Dario viva para sempre! 7 Todos nós que ocupamos posições de autoridade no reino, isto é, os ministros, os governadores, os prefeitos e as outras autoridades, nos reunimos e concordamos em pedir ao senhor que dê uma ordem que não poderá ser desobedecida. Ordene que durante trinta dias todos façam os seus pedidos somente ao senhor. Se durante esse tempo alguém fizer um pedido a qualquer deus ou a qualquer outro homem, essa pessoa será jogada na cova dos leões. 8 Portanto, ó rei, dê a ordem e a assine, a fim de que não possa ser anulada. De acordo com a lei dos medos e dos persas, essa ordem não poderá ser anulada. 9 O rei concordou; assinou a ordem e mandou que fosse publicada.”
 

Entretanto, Daniel se manteve íntegro e fiel, por uma simples razão, que está em Dn 1:8.

8 Daniel resolveu que não iria ficar impuro por comer a comida e beber o vinho que o rei dava; por isso, foi pedir a Aspenaz que o ajudasse a cumprir o que havia resolvido.

Amados, o problema de muitos “evangélicos” que se envolvem com a política, não está no grau de corrupção, ou degradação em que o ambiente se encontra, NÃO! Mas sim, no comprometimento que eles tem com o seu Deus.

Caso contrário, nós não poderíamos ter cristãos autênticos como advogados, policiais, empresários, contadores, etc. Porque em todos os segmentos da sociedade existe o risco de se corromper. Mas, nós sabemos que isso depende unicamente da posição que nós tomamos perante Deus.                                                                               

Sabemos que se formos fiéis a Deus, as portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja, contra nós.

 A fidelidade significa ser digno de confiança, ser uma pessoa que cumpre princípios e crê nas promessas.

Todo fiel age sempre de maneira correta com temor ao Senhor.

Uma pessoa fiel é alguém em quem podemos colocar nossa fé, sem medo de sermos enganados nem desiludidos. E Jesus é nosso maior exemplo de fidelidade.

Deus é quem recompensa a fidelidade de quem segue a Jesus. Sl 101:6.

6 Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda em reto caminho, esse me servirá.

Portanto, na hora que você decide pela fidelidade a Deus, à sua Palavra e ordenanças, o mundo espiritual se completa, e a bênção vem para o mundo físico.

Há pessoas que passaram por várias privações e necessidades, e estão esperando o tempo em que a bênção virá. Nessa espera, se manteve a fidelidade, é nessa decisão que Deus as honrará.

Porém, há três coisas que impedem um homem de ser fiel: As lembranças do passado. Os costumes antigos. E as feridas não curadas. Por isso o profeta Jeremias faz um convite assim em Jr 3:22.

22 Voltem, todos vocês que abandonaram o Senhor, pois ele vai curar a sua infidelidade. Vocês dizem: Sim! Estamos voltando para o Senhor, pois ele é o Senhor, nosso Deus.                                                                         

Veja o que Deus disse a Josué, e Josué disse aos seus irmãos em Gn 45:7.

7 Deus me enviou na frente de vocês a fim de que ele, de um modo maravilhoso, salvasse a vida de vocês aqui neste país e garantisse que teriam descendentes.

Portanto, reflita: Será que um vereador, um deputado, um prefeito ou até mesmo um presidente da república, que seja cristão, não faria diferença nenhuma?

Veja, a diferença que José fez no Egito. A Bíblia diz que o rei viu isso em Gn 41:37-41.

37 O conselho de José agradou ao rei e aos seus funcionários. 38 E o rei lhes disse: Não poderíamos achar ninguém melhor para dirigir o país do que José, um homem em quem está o Espírito de Deus. 39 Depois virou-se para José e disse: Deus lhe mostrou tudo isso, e assim está claro que não há ninguém que tenha mais capacidade e sabedoria do que você. 40 Você vai ficar encarregado do meu palácio, e todo o meu povo obedecerá às suas ordens. Só eu terei mais autoridade do que você, pois sou o rei. 41 Neste momento eu o ponho como governador de todo o Egito.

Será que nós não temos discernimento espiritual? Será que nós, com o conhecimento que temos, teremos qual tipo de recompensa de Deus? Porque uma coisa está atrelada a outra.

Veja o que dizer então da história de Israel?

Note que o Rei ao temer ao Senhor todo o povo era abençoado, mas quando ele virava as costas para o Senhor, muitos se desviavam também.

Nós temos muitos exemplos de servos de Deus na Palavra, que ocuparam importantes cargos de autoridade e literalmente mudaram a história.

É claro que para influenciar a nossa geração, não é necessário desempenhar um cargo político, o fato é que precisamos de homens de Deus em todos as esferas da sociedade, e a política não deve ser exceção.

Nós precisamos ter entendimento de que é o Senhor quem remove os reis e os estabelece também.

A Bíblia nos afirma em Dn 2:21.

21 É ele quem faz mudar os tempos e as estações; é ele quem põe os reis no poder e os derruba; é ele quem dá sabedoria aos sábios e inteligência aos inteligentes.

Sem dúvida nenhuma, foi o Senhor quem escolheu José para ser administrador no Egito Gn 45:7-8.

7 Deus me enviou na frente de vocês a fim de que ele, de um modo maravilhoso, salvasse a vida de vocês aqui neste país e garantisse que teriam descendentes. 8 Portanto, não foram vocês que me mandaram para cá, mas foi Deus. Ele me pôs como o mais alto ministro do rei. Eu tomo conta do palácio dele e sou o governador de todo o Egito.
 
Também foi Deus que escolheu Davi para ser rei de Israel, I Sm 16:10-12, assim como muitos outros servos ao longo da história.

10 Assim Jessé apresentou a Samuel sete dos seus filhos. E Samuel disse: O Senhor Deus não escolheu nenhum destes. 11 E perguntou a Jessé: Você não tem mais nenhum filho? Jessé respondeu: Tenho mais um, o caçula, mas ele está fora, tomando conta das ovelhas. Então mande chamá-lo! disse Samuel. Nós não vamos oferecer o sacrifício enquanto ele não vier. 12 Aí Jessé mandou buscá-lo. Era um belo rapaz, saudável e de olhos brilhantes. E o Senhor disse a Samuel: É este mesmo. Unja-o.

Portanto, lendo esse capítulo e versículos, nós não podemos dizer que não precisamos fazer nada, porque Deus já teria decidido quem vai governar! Não! Ah, Apóstolo, Deus já escolheu mesmo! Não! Cabe a nós crentes, ungi-los, escolhê-los para governar, como Deus mandou Samuel.

Deus procura pessoas que estejam dispostas a servi-lo e fazer a vontade dEle, onde Ele o desejar. Seja cuidando de ovelhas, ou administrando um reino; tanto na prisão, como no palácio de Faraó.

Só há uma coisa que a Bíblia diz, e que Deus ordena, da qual o cristão deve literalmente fugir: Que é fugir da carnalidade  I Co 6:18.

18 Fujam da imoralidade sexual! Qualquer outro pecado que alguém comete não afeta o corpo, mas a pessoa que comete imoralidade sexual peca contra o seu próprio corpo.

Quanto ao resto, até mesmo ao Diabo, Deus diz para resistirmos Tg 4:7.

7 Portanto, obedeçam a Deus e enfrentem o Diabo, que ele fugirá de vocês.

Não podemos nos acovardar, temos que encarar de frente esta questão, porque há muita sujeira no meio político, e nós precisamos limpá-la, e se há trevas, e nós temos consciência disso, como cristãos, precisamos ser luz e tomar posição, caso contrário, poderemos cair no julgamento de Deus. Pois, se nós não o fizermos, quem o fará?

Oro sobre sua vida hoje, que você registre suas atitudes no reino do espirito, para que Deus abençoe a sua história.

Que Deus nos abençoe nesta tarefa, com entendimento!

Amém
 

CURTA NOSSO FACEBOOK

Alameda Contorno, Nº 1840, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia-GO CEP: 74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Segunda a sexta - 8 hs às 12 hs e 14 hs às 17 hs
Net Suprema