TEMA 2020: PREPARE O CAMINHO PARA O SENHOR.

PREPARE O CAMINHO RESTAURANDO A FÉ

29/01/2020
A palavra de Deus nos orienta a revermos como temos andado. (versão utilizada NLTH) I Co 11:27-32.

27 Por isso aquele que comer do pão do Senhor ou beber do seu cálice de modo que ofenda a honra do Senhor estará pecando contra o corpo e o sangue do Senhor. 28 Portanto, que cada um examine a sua consciência e então coma do pão e beba do cálice. 29 Pois, a pessoa que comer do pão ou beber do cálice sem reconhecer que se trata do corpo do Senhor, estará sendo julgada ao comer e beber para o seu próprio castigo. 30 É por isso que muitos de vocês estão doentes e fracos, e alguns já morreram. 31 Se examinássemos primeiro a nossa consciência, nós não seríamos julgados pelo Senhor. 32 Mas somos julgados e castigados pelo Senhor, para não sermos condenados junto com o mundo.

Uma das coisas que mais tem destruído o cristão é a incredulidade.

Esse espírito de incredulidade tem como metas: 1º Acusar a Deus em nossa mente. 2º Tentar nos fazer duvidar das promessas de Deus. Mas, na realidade, o alvo do nosso inimigo, é atingir a nossa fé. Porque a nossa fé deve olhar sempre para a promessa, e nunca duvidar da obra divina em nossas vidas.

Portanto, incredulidade é como o joio, que vai crescendo, obscurece o nosso entendimento e depois bloqueia os sentidos espirituais do cristão. E pior, quando o inimigo consegue bloquear os sentidos espirituais do ser humano, o homem passa a não se relacionar mais com seu Criador e, desta maneira, seu coração fica endurecido. Por isso, esse bloqueio, que provém da incredulidade do crente, a pessoa quando atingida não consegue mais ter uma intimidade com Deus, não consegue mais ter um relacionamento mais próximo com Deus.

Hoje, nós veremos um texto que nos mostra, que precisamos CRER, em que está escrito que aquele que tem o Filho tem a vida e aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.

Portanto, eu e você precisamos CRER! (versão utilizada RA I Jo 5:10-12).

10 Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não CRÊ no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho. 11 E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. 12 Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.

O objeto principal da nossa fé é o próprio Deus, porém, existem forças invisíveis que lutam para roubar Sua imagem, e essas forças trabalham por meio da incredulidade.                      

Portanto, a incredulidade é a maior inimigo do ser humano.

A incredulidade nos leva a negar a bondade de Deus! A incredulidade nos leva a depreciar o caráter soberano do Senhor! A incredulidade faz com que o ser humano não creia que Deus é justo!A incredulidade nos leva a não confiar em Jesus!

Portanto, a incredulidade tem uma força espiritual terrível, que impulsiona o indivíduo a culpar a Deus por qualquer adversidade que se apresente na sua vida. Exemplo de uma adversidade:  - A morte de um ente querido. - Uma traição. - Uma falta de Aliança. - Ou até mesmo uma luta financeira, que é muito comum, ou um acidente. 

Eu quero que você observe, que na verdade, em quaisquer circunstâncias dessas que eu disse, o inimigo tenta nos inculcar a idéia de que Deus não é bom, de que Ele não está nem aí para nós, que Ele nos mente, que você não sabe porque tudo isso acontece com você, que nada tem dado certo etc. Mas, porque eu estou falando isso e porque isso acontece? Porque esse é um dos ataques mais cruéis do diabo? Porque, o objetivo da incredulidade é tentar tirar a autoridade da Palavra de Deus, para que a palavra não atue na vida da pessoa.                                                

Portanto a incredulidade trás um sentimento para que as pessoas não consigam ler a Bíblia, não consigam ler um devocional, não consigam escutar uma palavra em um culto ou célula.                                                     

Porque o diabo age com essa arma? Porque ele sabe que a única coisa que PRENDE as mãos de Deus para nos abençoar é a dúvida.

Em (versão utilizada RA) Mt 14:25-33, vemos um texto que nos fala sobre INCREDULIDADE, e que nos mostra com exatidão, que a incredulidade nos faz afundar em meio a qualquer adversidade.

25 Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar. 26 E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram. 27 Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais! 28 Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. 29 E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus. 30 Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor! 31 E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? 32 Subindo ambos para o barco, cessou o vento. 33 E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!

Portanto, o maior inimigo da fé chama-se: incredulidade.

A incredulidade tem os seus comparsas, e traz consigo outros inimigos, como: O terror. O medo. E a dúvida.

No texto que lemos vemos duas posturas diferentes: Uma dos discípulos. E a outra do mestre.

Era um desafio a frente, andar sobre as águas. 

Portanto, hoje nós veremos algumas coisas sobre essas duas posturas:

1º Nós vemos sobre a postura dos Discípulos.

Eles eram homens comuns, mas, eram homens privilegiados. Mas, porque privilegiados? Porque caminhavam com Jesus, porque aprendiam com Jesus, porque ouviam e viam seus ensinamentos e milagres tremendos. Mas, um contra taque aconteceu; porque na hora da crise, eles não lembraram do que tinham aprendido, e nem reconheceram o seu Mestre.

Portanto, com esse texto, nós podemos ver e aprender, que o maior inimigo da nossa fé chama-se incredulidade.

A incredulidade pode nos levar a não produzir para Deus. E na hora de nossas crises, o contra-ataque pode tomar conta de nossas vidas, e nós não nos lembramos do que temos aprendido e nem reconhecemos quem tem sido Jesus para nós.

2ª Postura: Sobre o Mestre.

Jesus estava orando, portanto, Ele sabia que os discípulos estavam em crise, porque Deus o revelava tudo.

Quando temos intimidade, Deus nos revela tudo!

No texto de Mt 14:23 (versão RA), fala que Jesus tinha ido ao monte orar.

23 E, despedidas as multidões, subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Em caindo a tarde, lá estava ele, só.

Todo Líder precisa sempre subir ao monte da oração no seu lugar secreto.  Porque, é de lá que Deus vai revelar o caminho que você precisa trilhar. Mas note que Jesus ao chegar até eles, liberou uma palavra para eles: Coragem! Não tenham medo! Tenham bom animo!!! Versículo 27.

27 Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais!

Jesus sempre chegará em nossas vidas com uma palavra de coragem, com uma palavra de ânimo!

Jesus andou sobre as águas, para restaurar a fé dos discípulos!                                                                                       

Jesus nunca chegará até você com uma palavra de desânimo ou fracasso, pelo contrário, com uma palavra de ânimo.  Mas, guarde isso, para sua vida: TODA a palavra de ANIMO de Jesus, vem sempre acoplada de um desafio.
E ai, nós podemos ver o desafio dos discípulos.

Pedro, cheio de dúvida no seu coração, temeroso ainda sem acreditar que aquele realmente era o Mestre, resolveu ousar e dizer; “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”. E foi aí, que veio um desafio na vida de Pedro. - Jesus disse: “Venha”. Para os nossos dias, no mar da nossa vida, temos os nossos desafios também.

- IDE!!! - Preguem o meu evangelho! - Façam discípulos!- Ensine-os. – Batize-os.

Portanto, andar sobre as águas nos dias de hoje, é você viver intimamente com o Senhor, ao ponto de cumprir a sua vontade. É você ser seu amigo! É você ser o seu cúmplice em tudo! É você ser sempre impelido na direção Jesus Cristo, indo aos cultos, nas células, nos seminários não deixando nada te impedir. Tudo é uma questão de prioridade.
Todas as vezes que faltamos, quase que 100% poderíamos ter ido.

Quem está em primeiro lugar? Seus esforços ou a incredulidade já está dando sugestões para atingir sua fé? E eu creio, que isso não foi simples para Pedro. Porque Pedro era um pescador e sabia que esse desafio tinha risco de morte, porque sair de um barco em alto mar, sair do lugar seguro e conhecido, ir para o desconhecido e correr o risco de morrer.

Portanto, aquele sair do barco, não era simplesmente sair do barco e andar sobre as águas. Não!!! Tinha algo a mais, que Jesus queria ensina-los. E Pedro tinha todos os sentimentos possíveis, de que poderiam o levar a desacreditar de que era possível andar por sobre aquelas águas. 

-Ele era um pescador!!! Mas mesmos assim Jesus o DESAFIOU: e disse VENHA.

Portanto, Pedro jamais teria experimentado o sobrenatural de Deus sem que primeiro, ele DECIDISSE OUSAR e OBEDECER a PALAVRA de Deus.Por isso hoje aprenda que Pedro não só andou sobre as águas, mas andou sobre a Palavra de Jesus.                                       

Em outra ocasião, na Bíblia, Pedro disse: Diante da tua Palavra eu vou lançar as redes, e ele provou de novo o sobrenatural. (versão RA) Lc 5:4-5.

4 Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar. 5 Respondeu-lhe Simão: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos, mas sob a tua palavra lançarei as redes.

Por isso, note que para Pedro andar sobre a palavra, ele precisava primeiro da fé, para depois OUSAR. Para termos essa fé, a primeira coisa a fazer é abrir mão do MEDO! Porque em nossa caminhada com Deus, sempre iremos encontrar DESAFIOS, uns grandes, outros pequenos, outros, inimagináveis, mas a verdade é que tem.

Embora Pedro tivesse uma palavra de Jesus, ele PRECISOU deixar o MEDO no barco e correr o risco de afundar.

Onde está o seu medo? Pedro, teve que sair da sua ZONA de conforto, da sua ZONA de proteção, e ABRIR mão daquilo que ele acreditava ser o mais seguro naquele momento, para EXPERIMENTAR o sobrenatural de Deus.

Os desafios de Deus na nossas vidas, SEMPRE levar-nos-ão a experiências sobrenaturais, porém, a DECISÃO é TODA nossa de experimentar ou não o que Deus tem para nós.

O que Jesus chegou dizendo para os discípulos no barco! CORAGEM! SOU EU!

O que mais que Ele orientou? Não tenham MEDO! Por que Jesus disse isso? Porque, muitas vezes, o MEDO e a INCREDULIDADE, vêm ao nosso coração, porque não conhecemos quem é o Senhor, que tem nos chamado!

Precisamos de uma INTIMIDADE maior a cada dia que passa, para podermos OUSAR quando tivermos algum DESAFIO.                                                                                         

Os DISCÍPULOS de Jesus ficaram aterrorizados porque não detectaram, não conheceram a VOZ do Mestre. Se você souber quem é o Senhor, e quem TE CHAMOU, você não deixaria mais a sua ALMA ser ALIMENTADA pela DUVIDA e pelo MEDO em seu coração!

O que Pedro fez naquela SITUAÇÃO? Pedro resolveu abrir mão do medo e saiu do barco. Mas, depois de poucos passos, Pedro começou a olhar novamente para os VENTOS e deixou o MEDO entrar em seu coração.

O que Pedro precisava lembrar naquele momento? É que quem o ESPERAVA do lado de fora do barco, era o ÚNICO que poderia ajudá-lo. Por isso, nossa mente tem que estar em Cristo.                                                                

Portanto, é preciso no comando da palavra de Deus, muitas vezes correr o RISCO e sair do BARCO e dar os passo em direção a Jesus, pelo menos tentar caminhar. Porque quando usamos o argumento de que: “aqui no barco é mais seguro”, nós na verdade estamos escondendo muitas vezes, o verdadeiro sentimento de MEDO, de incredulidade, e que tem deixado muitos crentes com uma fé preguiçosa. Mas está escrito na palavra de Deus assim: Que o verdadeiro amor, aquele que nos espera do lado de fora do barco, lança fora TODO MEDO. (versão RA) I Jo 4:18.

18 No amor não existe MEDO; antes, o perfeito AMOR lança fora o MEDO. Ora, o MEDO produz tormento; logo, aquele que TEME não é aperfeiçoado no amor.

Portanto, ouse hoje, sair do barco! Hoje Jesus quer RESTAURAR a sua FÉ!

Hoje é dia de você vencer esses inimigos da sua FÉ!

A palavra de Jesus é a mesma: CORAGEM! NÃO tenha MEDO!

Se você quiser experimentar os milagres na sua vida, você precisa sair do BARCO! O barco da incredulidade. O BARCO da vida sossegada! O BARCO da escravidão! O BARCO do cristianismo mascarado! O BARCO do evangelismo sem fazer discípulos e das desculpas esfarrapadas, colocando sempre outras coisas no lugar da célula, dos cultos.

Nada pode ser mais importante do que estar em uma célula para receber de Deus, para depois dar, ou honramos ou não!

O  BARCO do farisaísmo, aquele tem te impedido de crer, e dar o seu passo de FÉ!

Não tenho dúvida alguma do que eu vou dizer: existe uma voz que ecoa no mundo espiritual, e aqueles que têm intimidade com Deus tem escutado essa voz que é de Jesus, que diz assim para essa geração, onde você foi plantado para fazer a diferença; e essa VOZ está dizendo: "VEM"!

Todos nós temos visto que o MAR está bravo, que os ventos são fortes. Todos nós sabemos que é grande e intensa a luta, e que precisamos sair do barco e ousarmos andar sobre as águas, nos milagres de Deus! E Ele te diz hoje: Venha e vamos!

Lembre-se de que para você andar sobre as águas, você precisa sair do barco! Dê seu passo! A adversodade pode estar fazendo de você um incrédulo; Portanto Vem!


 
Alameda Contorno, Nº 1840, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia - Goiás CEP:74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Horário de funcionamento da secretaria: segunda a sexta - 8 h às 12 h e 14 h às 17 h.
Net Suprema