TEMA 2018: CIDADE DE DEUS, A CONQUISTA DO TERRITÓRIO.

CIDADE DE DEUS, A CONQUISTA DO TERRITÓRIO

03/01/2018
Maanaim Ministério Apostólico - Noticias
“E daquele dia em diante o nome da Cidade será Yahweh Shamah, isto é, O SENHOR ESTÁ AQUI.” (Ezequiel 48:35 – King James Atualizada)

Introdução

Que tema singular, Cidade de Deus, a conquista do território. Nós temos uma responsabilidade muito grande. Uma família biologia para cuidar e uma família espiritual para dar conta.

Não é fácil lidar com os negócios dessa vida e recebermos, como missão do ALTO, a responsabilidade de cuidarmos de pessoas que nem sempre estão dispostas a serem receptivas ao nosso chamado. Mas, fazer o quê? Desistir? Não! Vamos avançar para o alvo, para a plena vocação que está guardada em Cristo Jesus (Filipenses 3:12-14).

Quantos territórios queremos conquistar?

Começar o ano de novo... Não é fácil recomeçar, mas é no começo do ano que fazemos pactos. Isso é bom para o cérebro, pois podemos estabelecer metas, e se tivermos mentores nos sinalizando para o futuro, com certeza chegaremos no final do ano com a nossa expectativa acima do normal e nossas metas ultrapassadas inteligentemente.

Horrível é começar sem sonhos, sem desafios sem vontade de vencer. O Ano nunca será Novo se as atitudes forem velhas. Precisamos tomar algumas atitudes, por exemplo:

. Precisamos renovar nossa mente;

. Precisamos passar pela Cruz;

. Precisamos ser discipulados;

. Precisamos acreditar nas profecias;

. Precisamos velar pelas promessas;

. Precisamos estabelecer objetivos;

. Precisamos restaurar nossa fé;

. Precisamos voltar a crer em Deus como Autor das nossas conquistas.

“Para não suceder que, havendo tu comido e fores farto, e havendo edificado boas casas, e habitando-as, e se tiverem aumentado os teus gados e os teus rebanhos, e se acrescentar a prata e o ouro, e se multiplicar tudo quanto tens, se eleve o teu coração e te esqueças do Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão; que te guiou por aquele grande e terrível deserto de serpentes ardentes, e de escorpiões, e de terra seca, em que não havia água; e tirou água para ti da rocha pederneira; que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheceram; para te humilhar, e para te provar, para no fim te fazer bem; e digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza da minha mão, me adquiriu este poder.” (Deuteronômio 8:14-17)

Podemos conquistar territórios novos

Bem, existem três territórios que precisam ser conquistados:

1. Território da Alma – Nossa mente é um campo de batalha.

2. Território da Geografia Externa – Ambientes que são nossos desafios físico e espiritual.

3. Território Familiar – Que precisa ser uma conquista diária.

É insano conquistar território novo subestimando a conquista das geografias que já são nossas. Conquiste geografias novas, mas preserve asquelas onde outrora foram fincadas bandeiras.

Podemos ser líderes com um grande diferencial, fazer com que nossos territórios sejam notáveis à medida que lavremos a terra e façamos construções nela; essa foi a ordem do Senhor.

Não podemos nos omitir naquilo que o Eterno estabeleceu para nós. Somos solução e não problema! Conquistar um território novo faz parte da nossa chamada.

O texto que nos aponta: “O Senhor está aqui, e assim será chamado esse território”, solicita uma tomada de posição, quando cada um de nós, com certeza, conquistará o território e o manterá vivo no propósito. Só os líderes sem foco e destruídos na chamada não querem manter os territórios que conquistaram.

A ordem do Eterno é o avanço para o novo e a conservação das geografias outrora conquistadas. É mais inteligente conservar a conquista do que ficar lutando por aquela que ainda não temos.

Como nós vamos fazer essa conquista se não tivermos a meta definida para estabelecer o Novo de Deus em nossas vidas? Bem, precisamos nos preparar, pois a promessa de Deus para este ano está desafiadora, convocando-nos para coisas grandes e firmes que ainda não conhecemos.

Como faremos isso?

1. Cada um fazendo sua meta;

2. Cada um tendo objetivos claros;

3. Cada um desenvolvendo seus sonhos;

4. Cada um focado no projeto que seja exequível.
Se nos firmarmos nesses princípios, com certeza teremos um Ano Novo com Atitudes Novas e resultados de diferencial. Acredito que esse será o melhor ano para os que andam em retidão, e as conquistas serão visíveis no território da promessa.

O quanto você está disposto a viver esse tempo?

O quanto você acredita que é possível fazer uma conquista nova?

O quanto você está disposto a terminar o ano de 2018 com suas metas, seus objetivos, seus sonhos, seu foco estabelecido e mentoreado, sem desviar nem para a direita nem para a esquerda?

Qual o plano de ação que você tem para este ano? Não tem? Então, não terá conquistas, pois os que repetem padrão serão donos do mesmo resultado. Não teremos resultados novos conservando hábitos velhos. Para termos um Ano Novo, precisamos ser Pessoas Novas.

Fonte: www.mir12.com.br
Alameda Contorno, Nº 1840, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia - Goiás CEP:74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Horário de funcionamento da secretaria: segunda a sexta - 8 h às 12 h e 14 h às 17 h.
Net Suprema