TEMA 2018: CIDADE DE DEUS, A CONQUISTA DO TERRITÓRIO.

A IGREJA DE ÉFESO

17/01/2018
Quando Paulo escreveu a primeira carta aos coríntios, Paulo estava em Éfeso. E talvez por isso, diante da grandiosidade daquela construção, o Apóstolo fala sobre a Igreja de Cristo, comparando-a a um edifício. Mas, antes, dele mencionar o processo de edificação, nós vamos ler sobre os fundamentos, sobre os construtores e o material utilizado.

Portanto, eu gostaria que você notasse, que há uma responsabilidade muito grande, a todos nós que ensinamos a palavra I Co 3:9-17 (versão RA).
9 Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós. 10 Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei o fundamento como prudente construtor; e outro edifica sobre ele. Porém cada um veja como edifica. 11 Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo. 12 Contudo, se o que alguém edifica sobre o fundamento é ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, 13 manifesta se tornará a obra de cada um; pois o Dia a demonstrará, porque está sendo revelada pelo fogo; e qual seja a obra de cada um o próprio fogo o provará. 14 Se permanecer a obra de alguém que sobre o fundamento edificou, esse receberá galardão; 15 se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele dano; mas esse mesmo será salvo, todavia, como que através do fogo. 16 Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 17 Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado.

Quando Paulo escreveu essa primeira carta aos coríntios, Paulo estava em Éfeso, e nós vamos ver aqui em  Ef 2:17-22, que os gentios e os judeus se uniram pela cruz de Cristo, e eles tiveram um início glorioso em sua experiência com Deus.
17 E, vindo, evangelizou paz a vós outros que estáveis longe e paz também aos que estavam perto; 18 porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai em um Espírito. 19 Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, 20 edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; 21 no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, 22 no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito.

A epístola de Paulo aos Efésios dá a entender que aquela igreja não era uma Igreja com problemas, como a de Corinto, por exemplo.

A palavra diz, que no princípio, os efésios se destacavam pela elevada espiritualidade. Contudo, o tempo passou e algo mudou.

Aparentemente, tudo estava como antes: as obras continuavam a todo vapor. E aquela comunidade era muito ativa e trabalhadora. Entretanto, a essência deles, estava comprometida.

Havia muito trabalho e pouco amor; muita atividade humana e pouca unção do Espírito.

Nós precisamos estar atentos, porque boas obras são importantes, mas precisamos lembrar que elas não salvam.

Ef  2:8-9
8 Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; 9 não de obras, para que ninguém se glorie.

Ou seja, nós sabemos, que obras precisam ser feitas e o  versículo 10 diz isso.
10. Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.

Portanto, é Deus que nos capacita a fazer a sua obra. Porém, se o trabalho eclesiástico ou social tomar o lugar do nosso relacionamento com Deus, então essa obra será prejudicial para quem o executa. Se a obra de Deus, está nos envolvendo tanto que não temos mais tempo para orar, jejuar e ler a Bíblia, então algo está muito errado.

Porque se esse amor for abandonado, perdeu-se o que deveria ser a principal motivação para as boas obras. E se o amor se perder, restará somente um trabalho frio, mecânico, automático e sem vida. Por isso a bíblia diz: Vigiai e orai. Ou seja, no texto que lemos, parece que os Efésios se tornaram negligentes em relação aos princípios fundamentais do cristianismo.

Ele estavam caminhando, mas algo se perdeu no meio do caminho, que são:
- O primeiro amor.
- O fervor espiritual.
- A intimidade com Deus.
 
Quando essa perda ocorre, acabam vindo muitos pecados que são cometidos e esquecidos sem serem perdoados. E por isso, o Senhor diz em Ap 2:5: “Lembra-te de onde caíste e arrepende-te”.
5 Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.

Portanto, a palavra do Senhor veio com o objetivo de avivar a sua Igreja.  E o que é avivamento? É uma renovação da Igreja.  É você reanimar a casa de Deus. É dar vida à Igreja.
 
Nós não podemos confundir; Um Avivamento não é sinônimo de barulho, música agitada, palmas e gritos. Tudo isso pode e deve ocorrer nos cultos, mas o avivamento legítimo é o resgate de valores espirituais que foram abandonados. Ou seja, esses fundamentos estão firmados em três fatores indispensáveis, que são: Ler a Bíblia e procurar entendê-la; Ter vida de oração: Ter seu devocional resgatado. Mas, para isso acontecer, precisamos buscar o arrependimento.

Veja, em outro texto, que Deus fez uma aliança com Salomão em II Cr 7:13-14 onde Senhor disse assim:
13 Se eu cerrar os céus de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo; 14 se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.
                                                      
Ou seja, essa aliança que Deus fez, se observarmos, o versículo versículo 13, no contexto da época que eles estavam vivendo, Deus estava falando que a produção agrícola seria insuficiente, não iria adiantar, mesmo que os agricultores trabalhassem arduamente.
13 Se eu cerrar os céus de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo;

Portanto, devemos ser restaurados: em ler a palavra de Deus sempre; Na oração; E buscar arrependimento, dos nossos maus caminhos. Ou seja, o que Deus queria mesmo, era que o povo buscasse o Senhor, para que as suas bênçãos fossem derramadas em suas vidas.

Sarar a terra significa fazer cessar as pragas na lavoura, e enviar a chuva é fazer com que haja fertilidade no campo e no rebanho. Assim, a vida do povo seria beneficiada em todos os aspectos.

Da mesma forma, na vida do cristão, o arrependimento traz perdão, restauração e bênção.
 
Nós estamos vivendo no tempo da misericórdia.

O Senhor vem buscar a sua Igreja, e Ele conta conosco para deixarmos essa noiva adornada para Ele.

Deus deixou a você que é servo fiel, uma promessa em Ap 21:7.
7 O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho. 

Portanto, você foi chamado para viver na excelência do Senhor.

O nosso Deus é um Deus excelência em tudo o que faz. E uma das missões, que ele confiou a nós, que somos Seus filhos é a de cuidarmos da Sua Igreja na Terra. Por isso, eu preciso que a partir de hoje, venhamos ter uma só linguagem, venhamos ser comprometidos em tudo, no ministrar, no falar, no cantar, no ensinar, na aliança. Porque estamos vivendo um momento muito precioso.

Os céus estão favoráveis a nós. A Igreja de Jesus continua. E este tempo precioso, não foi um tempo desperdiçado, foi um tempo de aprendizado.
 
Precisamos ser como Josué que ao ouvir do Senhor palavras de ânimo, nunca mais foi o mesmo, pelo contrário enxugou as lágrimas e cumpriu a missão que lhe estava sendo proposta.
Foi quando Deus disse assim a ele em Js 1:6.
6 Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais.
 
Você conquistará territórios inimagináveis, se você fizer a sua parte.

Seus discípulos, amigos e parentes esperam de você a direção, para que eles caminhem e conquistem também.

Juntos, vocês atrairão uma multidão para que o acréscimo do Reino de Deus, não tenha fim. 

É um tempo de voltarmos ao primeiro amor “CRISTO EM VÓS, ESPERANÇA DA GLORIA”

É um tempo de revermos nossas atitudes em relação às pessoas que Deus tem confiado.
Alameda Contorno, Nº 1840, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia - Goiás CEP:74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Horário de funcionamento da secretaria: segunda a sexta - 8 h às 12 h e 14 h às 17 h.
Net Suprema