TEMA 2019: NOVOS COMEÇOS.

PRECISAMOS PROTEGER A ALIANÇA

30/05/2019
Nós sabemos que quando temos o entendimento de Aliança, simboliza que o nosso Altar esta restaurado. Porque Altar significa lugar de entrega, significa lugar de Aliança. Mas, iremos começar vendo, quando Salomão trás a Arca do Senhor, para o templo, em RA I Re 8:3-9.
                                                                           
3 Vieram todos os anciãos de Israel, e os sacerdotes tomaram a arca do Senhor 4 e a levaram para cima, com a tenda da congregação, e também os utensílios sagrados que nela havia; os sacerdotes e levitas é que os fizeram subir. 5 O rei Salomão e toda a congregação de Israel, que se reunira a ele, estavam todos diante da arca,(ERGUERAM UM ALTAR) sacrificando ovelhas e bois, que, de tão numerosos, não se podiam contar. 6 Puseram os sacerdotes a arca da Aliança do Senhor no seu lugar, no santuário mais interior do templo, no Santo dos Santos, debaixo das asas dos querubins. 7 Pois os querubins estendiam as asas sobre o lugar da arca e, do alto, cobriam a arca e os varais. 8 Os varais sobressaíam tanto, que suas pontas eram vistas do Santo Lugar, defronte do Santo dos Santos, porém de fora não se viam. Ali, estão até ao dia de hoje. 9 NADA havia na arca senão as DUAS tábuas de pedra, que Moisés ali pusera junto a Horebe, quando o Senhor fez aliança com os filhos de Israel, ao saírem da terra do Egito.

Portanto, a arca era um símbolo especial para Israel. Porque a arca fala a respeito da aliança, da proteção de Deus. Por isso, quando o povo olhava para a arca lembrava da aliança que eles tinham com Deus, e que Deus tinha com eles.

Em Hb 9:3-4 (versão utilizada RA) a palavra fala dos três elementos que haviam dentro da Arca: o maná, o bordão de Arão, que floresceu e as tábuas da aliança.

3 por trás do segundo véu, se encontrava o tabernáculo que se chama o Santo dos Santos, 4 ao qual pertencia um altar de ouro para o incenso e a arca da aliança totalmente coberta de ouro, na qual estava uma urna de ouro contendo o maná, o bordão de Arão, que floresceu, e as tábuas da aliança;  
                                                                    
Porém, cada um desses elementos fazia parte dos componente da aliança de Deus. Mas quando finalmente se concluiu a obra do templo, a arca veio para o Templo, mas, um detalhe a Bíblia deixa bem claro: NADA havia dentro da Arca, SENÃO as tábuas da lei.

O que aconteceu com o maná? Para onde foi a vara de Arão que tinha brotado? Veja de novo que a palavra diz em I Re 8:9.

 9 NADA havia na arca senão as DUAS tábuas de pedra, que Moisés ali pusera junto a Horebe, quando o Senhor fez aliança com os filhos de Israel, ao saírem da terra do Egito.

Mas, o que aconteceu com os elementos perdidos da arca? Só há uma maneira de nós entendermos isso. Quando nós pesquisamos na história, só um único momento foi em que a arca foi tomada do povo judeu.

Vejamos a história em I Sm 4:3, onde os israelitas foram para a guerra contra os filisteus e perderam.

3 Voltando o povo ao arraial, disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu o Senhor, hoje, diante dos filisteus? Tragamos de Siló a arca da Aliança do Senhor, para que venha no meio de nós e nos livre das mãos de nossos inimigos.
                                                                                           
Um lembrou-se e disse: perdemos a guerra porque esquecemos a arca do Senhor. I Sm 4:3-5.

3 Voltando o povo ao arraial, disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu o Senhor, hoje, diante dos filisteus? Tragamos de Siló a arca da Aliança do Senhor, para que venha no meio de nós e nos livre das mãos de nossos inimigos. 4 Mandou, pois, o povo trazer de Siló a arca do Senhor dos Exércitos, entronizado entre os querubins; os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, estavam ali com a arca da Aliança de Deus.

Vemos que a partir daí a arca é tomada, e Hofni e Finéias são mortos.

5 Sucedeu que, vindo a arca da Aliança do Senhor ao arraial, rompeu todo o Israel em grandes brados, e ressoou a terra.

Porém, quando se perde a Aliança, a revelação e os princípios da palavra, veja em I Sm 4:10-11.                                                                                                                                            
10 Então, pelejaram os filisteus; Israel foi derrotado, e cada um fugiu para a sua tenda; foi grande a derrota, pois foram mortos de Israel trinta mil homens de pé. 11 Foi tomada a arca de Deus, e mortos os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias.

Em  I Sm 4:16-18, nesse instante, pela primeira vez na história, Israel perde a arca, e veja também a morte de Eli. E a Arca, ficou na mão dos filisteus por 7 meses.                                                                                       

16 Disse o homem a Eli: Eu sou o que saí das fileiras e delas fugi hoje mesmo. Perguntou-lhe Eli: Que sucedeu, meu filho? 17 Então, respondeu o que trazia as novas e disse: Israel fugiu de diante dos filisteus, houve grande morticínio entre o povo, e também os teus dois filhos, Hofni e Finéias, foram mortos, e a arca de Deus foi tomada. 18 Ao fazer ele menção da arca de Deus, caiu Eli da cadeira para trás, junto ao portão, e quebrou-se-lhe o pescoço, e morreu, porque era já homem velho e pesado; e havia ele julgado a Israel quarenta anos.

Por que os filisteus tomaram a arca? Porque os filisteus sabiam que o segredo do povo de Israel estava na aliança. E assim somos nós; As nossas vitórias estão atreladas à nossa Aliança, e Aliança simboliza ter um nosso Altar restaurado. Porque Altar significa lugar de entrega, significa lugar de Aliança. 
                                                    
Portanto, os filisteus tiveram o entendimento que para Israel perdesse a batalha, bastava Israel perder a aliança.

Na sua vida não é diferente! Por esta causa vieram dois juízos sobre eles: 1º Úlceras (outras versões dizem hemorroidas). 2º Ratos que consumiam a lavoura. E eles acabaram devolvendo a Arca, ISm 5:11-12.

11 Então, enviaram mensageiros, e congregaram a todos os príncipes dos filisteus, e disseram: Devolvei a arca do Deus de Israel, e torne para o seu lugar, para que não mate nem a nós nem ao nosso povo. Porque havia terror de morte em toda a cidade, e a mão de Deus castigara duramente ali. 12 Os homens que não morriam eram atingidos com os tumores; e o clamor da cidade subiu até ao céu.

Porém, os 3 elementos que estavam dentro da Arca, eram constituídos de um poder que era o poder da aliança de Israel.  E o povo de Israel, ao perderem a Arca, perderam 2/3 dos elementos que representavam a aliança de Deus também. Por quê? Por causa da legalidade que estavam dando. 

Nota-se na história, que enquanto não havia brecha, não tinha inimigo que vencesse Israel. Mas a brecha se tornou tão grande, que não só perderam a guerra como a arca também. Mas, podemos nos fazer uma pergunta: onde estava a brecha?

A Palavra diz em I Sm 3:1, que Eli era um homem velho, cansado, que não tinha mais revelação de Deus, que Eli era um homem pesado, cego fisicamente e espiritualmente. Devido as brechas, Eli estava sem ouvir a voz de Deus, e sem revelação do futuro de Israel. Foi quando Deus começou a falar com Samuel numa visão.

1 O jovem Samuel servia ao Senhor, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do Senhor era mui rara; as visões não eram frequentes.

Portanto, havia aberto uma grande brecha na vida espiritual da nação. Porque o Maná, que tinha sido roubado, representa o pão diário, a revelação da palavra.

Portanto, o Maná na Arca representava muito mais do que o Pão de comida, representava a dependência de Deus. O Maná era algo que descia do céu. E hoje, o que desce do céu? Revelação.

Portanto, a revelação já tinha ido embora a muito tempo, antes dos filisteus tomarem a arca. E nós sabemos que a falta de visão, a falta da revelação e da palavra na vida de Eli, foi a brecha para que o maná fosse também tomado, como sinal para nós hoje, também tivéssemos essa revelação. E aí você pode até se fazer uma pergunta: Mas por que a vara de Arão também foi levada? 

Vamos descrever um pouco o sacerdote Eli. Como era o sacerdócio de Eli? Um sacerdócio Ausente. Ele tinha 2 filhos Hofni e Finéias, e seus filhos eram filhos de Belial, e em I Sm 3:10-14, Deus diz a Samuel, que ira contra a casa de Eli, por ele ter tido um sacerdócio ausente.

10 Então, veio o Senhor, e ali esteve, e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel! Este respondeu: Fala, porque o teu servo ouve. 11 Disse o Senhor a Samuel: Eis que vou fazer uma coisa em Israel, a qual todo o que a ouvir lhe tinirão ambos os ouvidos. 12 Naquele dia, suscitarei contra Eli tudo quanto tenho falado com respeito à sua casa; começarei e o cumprirei. 13 Porque já lhe disse que julgarei a sua casa para sempre, pela iniqüidade que ele bem conhecia, porque seus filhos se fizeram execráveis, e ele os NÃO repreendeu. 14 Portanto, jurei à casa de Eli que nunca lhe será expiada a iniqüidade, nem com sacrifício, nem com oferta de manjares.                         

A palavra diz que os filhos de Eli eram imorais, que eles tinham uma vida promíscua, e nessa vida tinham sido chamados como sacerdotes de Israel. Porém, antes da vara ser tomada, a vida dos sacerdotes de Israel já estava debaixo da desgraça. Ou seja, Deus não é Deus de religião, não é um Deus de brincadeira.                                                                  
Nós sabemos que Religião é uma prática sem essência, sem revelação.

Do que adiantaria ter a vara que fala da honra sacerdotal, se os sacerdotes estavam prostituídos, diante de Deus? De que adiantaria a vara na arca? Se a Arca para eles já tinha virado um amuleto.

Eles só queriam a Arca para uma proteção, eles não queriam a Arca mais para cumprir os princípios.

Espiritualmente falando, o que aconteceu? A aliança deles com Deus já estava comprometida, e a vida deles já tinha se tornado uma vida religiosa. Só tinha os elementos, não tinha mais a essência. O que aconteceu? Foi removido!!
Veja que depois disso o maná e a vara de Arão desaparecem da arca na história e nunca mais foram encontrados, porque a Arca estava de uma forma religiosa no meio do povo.

Portanto, dentro de uma aliança com Deus, Deus espera uma só coisa: Uma comunhão diária com Ele.

A Arca tinha um significado só, que era para eles lembrassem da aliança que eles tinham com Deus e que Deus tinha com eles.

Portanto, nós como filhos de Deus, precisamos preservar a aliança. Lembrar sempre da Aliança que temos com Deus e a que Deus tem conosco. Porque muitas vezes, nós podemos estar presentes na Igreja, mas se não tivermos uma intimidade com Deus, seremos como um filho que não tem respeito à aliança.

Não adianta ser líder e NÃO ter aliança!

Eli foi ausente na aliança, o que aconteceu foi que seus filhos desonraram a Aliança.

Portanto, hoje, Deus te chama em oração, para que você proteja a sua aliança.

GUARDE ISSO: Com estes cuidados, de proteção da Aliança com Deus,(intimidade) com o líder(sacerdote) e com a Igreja(a nossa Arca), nosso altar estará sempre pronto para que nele possamos oferecer e servir a Deus com sacrifícios agradáveis.

Amem.

 
Alameda Contorno, Nº 1840, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia - Goiás CEP:74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Horário de funcionamento da secretaria: segunda a sexta - 8 h às 12 h e 14 h às 17 h.
Net Suprema