TEMA 2018: CIDADE DE DEUS, A CONQUISTA DO TERRITÓRIO.

TEMPO DE DECISÃO

04/04/2018
Estamos na dimensão do governo soberano de Deus.

Quando Jesus Cristo saiu do deserto começou a proclamar que esse governo havia chegado.

“E chegado a vós o Reino de Deus.”   Mt 4:17. (versão NLTH)

17 Daí em diante Jesus começou a anunciar a sua mensagem. Ele dizia: Arrependam-se dos seus pecados porque o Reino do Céu está perto!

Portanto, o acesso a esse Reino, só se dá pela fé no Rei!

Esse Reino é como uma nação, precisa ter uma cultura, uma atmosfera ambiental e uma moeda forte.

A cultura do Reino de Deus é o AMOR, a atmosfera ambiental é a ESPERANÇA, e a moeda forte, o SONHO desse Reino, é a FÉ.
 
E é pela FÉ, que você mais do que nunca, precisa tomar decisões importantes, até para poder transitar e desfrutar das riquezas desse Reino, usando sua moeda forte, a fé.

Por isso, existem na vida, dois caminhos ou duas estradas, duas opções, que em uma delas nós devemos andar.
O texto de Mt 7:13-14 (versão RA) nos fala dessas duas estradas:

13 Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela), 14 porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela.

Portanto, Deus quer nos falar hoje: Sobre as duas portas. Sobre os dois caminhos. Sobre os dois grupos. Sobre os dois finais.

1º As Duas portas, a palavra diz, que uma é larga e uma estreita.

A porta estreita é a melhor opção, porque trata-se da personificação de Jesus Cristo quando disse:

 Jo 10:1-7.

1 Em verdade, em verdade vos digo: o que não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, esse é ladrão e salteador. 2 Aquele, porém, que entra pela porta, esse é o pastor das ovelhas. 3 Para este o porteiro abre, as ovelhas ouvem a sua voz, ele chama pelo nome as suas próprias ovelhas e as conduz para fora. 4 Depois de fazer sair todas as que lhe pertencem, vai adiante delas, e elas o seguem, porque lhe reconhecem a voz; 5 mas de modo nenhum seguirão o estranho; antes, fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. 6 Jesus lhes propôs esta parábola, mas eles não compreenderam o sentido daquilo que lhes falava. 7 Jesus, pois, lhes afirmou de novo: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas. 
                                 
Ou seja, Jesus é a porta das ovelhas e quem entrar por ela encontrará alimento, e estará livre para entrar e sair.

2º Os Dois caminhos: A palavra diz que um é estreito e outro espaçoso.

Precisamos lembrar, que Jesus Cristo disse:  “Eu sou o caminho...”.

Portanto, está claro, que a melhor opção é o caminho estreito, que também nos aponta para Jesus e seus mandamentos, suas orientações.

Esse caminho, nos levará a lugares nobres e abençoados.
 
3º Os Dois grupos: Onde a bíblia diz: muitos ou poucos:

A palavra conta na parábola das bodas em Mt 22:14.

14 Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos. Ou seja, Jesus tem chamado a muitos em todo o mundo, mais poucos estão disponíveis a ouvir esse chamado.

A opção é estar atento ao convite de Jesus, onde Ele diz assim em Mt 11:28-29.

28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. 29 Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.

Portanto, a qual grupo estamos pertencendo? Precisamos fazer parte do grupo dos poucos.
 
4º Os Dois finais: vida e morte.

Se você tem decidido pela porta estreita, pelo caminho estreito, pelo grupo dos poucos e prudentes, certamente viverá na dimensão do Reino de Deus.

A Bíblia diz que viveremos em abundância de vida. Você não nasceu para ser um “Zumbi”, uma espécie de “morto vivo” que se alimenta de carne humana.

No livro do Ap 3:15-17, nos mostra uma decisão muito interessante quando Deus fala à igreja: 

15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! 16 Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca; 17 pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu.

As decisões que tomamos, farão toda a diferença em tocarmos em Deus ou não.                              
 
Veja, mais uma decisão importante:

Jesus é o princípio da criação de Deus, portanto ele é a fonte de vida, Ele disse: Jo 14:6.

6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

Na palestina existem muitas fontes de água. Algumas delas são fontes de “água fria” e servem de estímulo para os que buscam se refrescar e são bastante úteis para os caminhantes, pois tem muitos sais. E existe também, muitas fontes de águas medicinais e servem de alívio para dores musculares, elas são bem “quentes”.

No entanto existem fontes de águas “mornas”, essas geralmente causam “náuseas” naqueles que se banham, não servem para nenhum fim, nem mesmo para beber.

Portanto, o que a palavra de Deus nos adverte é que que devemos decidir: Ou somos “quente” e servimos para curar, ou somos “frio”, e servimos para dar alívio.

Escolha hoje o caminho certo, escolha o caminho de servir de remédio para o seu próximo ou para refrescar e aliviar o espírito, a alma e o corpo das pessoas.

Viva e respire o Reino de Deus!
 
Olhando para a sua vida hoje, Deus quer que você reflita, sobre as duas portas.

Qual a porta em que você tem andado? É realmente a porta das ovelhas? Em Mt 25:31-34, Jesus nos da uma outra advertência.

31 Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória; 32 e todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas; 33 e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos, à esquerda; 34 então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.

Sobre os dois caminhos. Qual o caminho que você tem andado mais? Porque em Mt 7:13-14 Jesus nos dá uma direção:

13 Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são “muitos” os que entram por ela), 14 porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela.

Sobre os dois grupos ou equipe. Na palavra diz que quando Moisés manda ver a terra prometida, ali se apresentou dois tipos de crentes ou dois grupos ou equipes, que freqüentam a igreja: o primeiro Crente assemelha-se aos dez espias. São aqueles que vêem dificuldades em tudo.

Eles vêem gigantes, eles tornam-se incapazes de vencer as aflições e as lutas da vida, porque tem uma visão distorcida e humana. Na realidade, as dificuldades existem dentro deles mesmos, por quererem andar nos seus caminhos, e não nos de Deus.

Seja da equipe de Josué e Calebe, esses fazem a diferença e conquistam.

Sobre os dois finais. Lembre-se de Jo 14:6.

6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

Que Deus te abençoe e te leve aos cominhos dEle, cumprindo a vontade dEle!
 
Amém!
Alameda Contorno, Nº 1840, Qd. 52, Lt. 13 e 14 - Jardim Santo Antonio - Goiânia - Goiás CEP:74.853-120 Telefone: (62) 3922-3812
Horário de funcionamento da secretaria: segunda a sexta - 8 h às 12 h e 14 h às 17 h.
Net Suprema